Palestra SAE – Acolhimento: Permanência Estudantil na Unicamp

Ajudar a pensar em escolhas do âmbito acadêmico e profissional.

Sexta feira, dia 28, aconteceu no ciclo Básico II, as 13 horas uma palestra do SAE, o Serviço de Apoio ao Estudante, com os ingressantes indígenas, com o tema da permanência estudantil. A coordenadora do SAE, Profª Drª Helena Altmann e a diretora da área de serviço social, Cibele Papa, iniciaram a palestra apresentando SAE e o seu papel na vida estudantil, e suas diferentes áreas de atuação.

Os serviços atendidos pelo SAE são diversificados, como o gerenciamento de bolsas-auxílio, orientação educacional e jurídica, serviço social, com plantões de atendimento na moradia estudantil, e para ajudar os alunos a se sentirem integrados ao ambiente universitário.

“A gente dá apoio acadêmico, ajuda a pensar nas melhores maneiras de estudar. Temos atenção no como se aprende e sobre decisões que tem que ser tomadas”

A Universidade muitas vezes exige uma autonomia dos estudantes em relação aos seus estudos, e o SAE busca ajudar os estudantes que não tem essa habilidade desenvolvida a  pensarem nas diversas possibilidade e que possam tomar decisões, seja através de conversas em grupos ou individualmente.

"Assistência é muito mais que dar a bolsa, e garantir a permanência"

A assistente social Vanessa Tank, fala um pouco sobre os auxílios de permanência estudantil oferecidos pela Unicamp, o seu funcionamento e os prazos para a inscrição no processo seletivo. Os auxílios são uma tentativa de evitar a evasão dos estudantes, pois muitos não possuem condições de se manter na universidade. Todos os alunos possuem o direito de concorrer a essas bolsas, e será feito um estudo da situação socioeconômica da estrutura familiar do aluno para avaliar as necessidades.

Se entende que estar na universidade é muito além de passar no vestibular, é se envolver no ambiente acadêmico e ter condições para um bom estudo. Por isso, a universidade está com um novo projeto de aulas de apoio nas disciplinas de português e matemática para aqueles estudantes que sente que ainda falta conhecimentos nessas disciplinas que são a base de várias outras. E é importante reconhecer que a língua portuguesa, por vezes, não é a língua materna de muitos estudantes.

O período de inscrições para as bolsas de auxílio vão até dia 12/03. Para saber mais sobre os programas de bolsas acesse o site do SAE.
A acesse as redes sociais para ver as demais palestras que acontecerão nessa Calourada 2020.

Texto: Giovana Lima, com supervisão Profª Daniela Gatti